Portal Cultural

Home
Voltar

Honorina Barra

Honorina Barra canta:

Fotos:

  • thumb-1-12171158.jpg
foto-honoria-barra-181048.jpg
autografo-honoria-barra-71061217.png

Sobre Honorina Barra:

Perfil

Honoria Barra veio para Goiás com 6 anos de idade. Ao lado de sua irmã gêmea Heloisa logo começou a escrever seu nome na história musical do Estado, com apresentações no Palácio do Governo – a convite do então governador Pedro Ludovico Teixeira -, em programas de rádio, casamentos, congressos e outros acontecimentos musicais. 

 

Grande parte dos anos 60 Honoria passou no Rio de Janeiro, estudando na Escola Nacional de Música da Universidade do Brasil (atual UFRJ) e se apresentando nos principais palcos para o canto lírico na época: Teatro Municipal do Rio, Radio MEC – no coral regido por Isaac Karabtchewski e outros regentes famosos – na TV Globo e, em especial nos concursos de canto que praticamente definiam “quem era quem” neste cenário. Ela foi a vencedora em quase todos que participou: 15 concursos. Nessa época, Honoria passou a ser conhecida como Norina Barra.



No evento que inaugurou o Maracanãzinho como espaço para grandes apresentações artísticas, em 1965, Norinha Barra foi a solista num espetáculo que teve orquestra, coral e a regência do maestro Carlos Eduardo Prates. Um momento cultural marcante para o período.

 

As portas estavam abertas para uma carreira cada vez mais promissora no canto lírico, mas Norina optou por um caminho com menos holofotes, porém de muita realização pessoal e, principalmente, de grande valor para a música em Goiás: devidiu voltar para casa e formar novos cantores. Assumindo a cadeira de professora de canto na Universidade federal de Goiás, em 1969, teve o privilégio de assistir a vários de seus alunos sendo reconhecidos nos mesmos festivais e concursos onde construiu parte de sua brilhante carreira.

Informações disponibilizadas pelo próprio artista e/ou sua produção.