Portal Cultural

Home
Voltar

Claudia Vieira

Claudia Vieira canta:

Os dias mais felizes

letra/melodia: TainŠ PompÍo

Player

Areias Aquareladas

letra/melodia: TainŠ PompÍo

Player

Fotos:

  • thumb-claudia-83101617.jpg
  • thumb-claudia2-191716157.jpg
  • thumb-claudia3-05141819.jpg
foto-claudia-vieira-12491711.jpg
autografo-claudia-vieira-11521215.png

Sobre Claudia Vieira:

Perfil

“A cantora goiana Cláudia Vieira, de um grande talento musical, tem também um belo timbre e esbanja versatilidade. Cláudia vai mesclando com naturalidade um repertório que vai do som brasileiro autêntico ao jazz universal. Eu gostei de tocar com grandes cantoras como Elis Regina, Gal Costa, Nana Caymmi, com Cláudia não poderia ter sido diferente!” Toninho Horta – músico          
 

 

Cláudia Vieira nasceu em Goiânia, estado de Goiás. É formada em Psicologia e por três anos e meio dedicou-se a ser professora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – PUC/GO.

 

Seu contato com a música se deu desde a infância. Seu pai, o Goia, é cantor e exerceu grande influência na formação do seu gosto musical. A partir de 1992, com uma dedicação maior, Cláudia Vieira incursionou pelos caminhos do jazz e blues, fazendo destes estilos uma casa aconchegante à sua voz e aos ouvidos mais atentos. Em seus shows inclui, ainda, clássicos da MPB, em interpretações que valorizam não somente a voz, mas, também, contextos e ambientes das interpretações.           

 

Estudou canto popular com a professora Bartira Bilego. A partir de 2000 inicia aulas de canto com a professora Honorina Barra, com quem estuda até hoje.           

 

Reconhecidamente um dos melhores talentos da música goiana, Cláudia acumula indicações para prêmios nacionais, participações em trilhas sonoras de curtas metragens (com exibição em festivais no exterior) e nos principais Eventos Culturais do Estado de Goiás. Fez abertura de shows de grandes nomes tais como Maria Rita, Simone, Martinho da Vila, Geraldo Azevedo, Nana Caymmi, Zé Ramalho, Elba Ramalho .           

 

Em 2001, gravou seu primeiro cd solo “Sobretudo Encontros”. Neste cd conta com a participação especial do músico e arranjador  Toninho Horta. Com este trabalho concorreu ao Prêmio CARAS - Brasil de Música com a composição Triste Papel de João Caetano e ainda participou da programação da Rádio Expresso 2222, de propriedade do cantor e compositor, então Ministro da Cultura,  Gilberto Gil.             

 

Em setembro de 2006, lança seu segundo cd “Para Caliandras, Miosótis e Margaridas”. Mais uma vez conta com a participação especial do músico Toninho Horta. Este cd teve repercussão figurando na programação Cob’FM da França pelas mãos do radialista Mathéo Julien Raineau.             

 

Intérprete atuante no cenário musical em seu estado e fora dele, atua ainda na banda Terrorista da Palavra como vocalista, fazendo shows nos Fóruns Sociais de Porto Alegre - RS e Belo Horizonte –MG e Circuito Cultural Banco do Brasil, etapa Goiânia. 


Discografia solo:

2006 – Para Caliandras, Miosótis e Margaridas - independente

2001 – Sobretudo Encontros – independente

 

Discografia – participações especiais:

2011 – Muito Perto do Samba – Terroristas da Palavra 

2009 – Duetos – cd do compositor goiano João Caetano.

2009 - Fred Praxedes – cd do compositor Fred Praxedes.

2007 – Eles por Elas – cd organizado pelo músico Luis Chaffin.

2006 - Trilha sonora do documentário "Solá 30" com a música "Algum Dia", exibido na Europa e Canadá.

2006 - Rodas Brincantes - cd coletânea de músicas infantis de roda de domínio popular realizado pela Profª Maria Cristina de Freitas Bonetti para a UNICEF.

2006 – Participação com a música “Tempero de Hortelã” de cd do Clube dos Compositores do Brasil - SP. 

2004 – Terroristas da Palavra - Terroristas da Palavra.

1999 – Noites Goianas – cd organizado pela Rede Globo / Organização Jaime Câmara.

Informações disponibilizadas pelo próprio artista e/ou sua produção.